segunda-feira, julho 04, 2005

Outra Fase

Blogue. Foi uma ideia. Gira! Dá, aparentemente, uma certa capacidade de intervenção. Não nos ficamos apenas pela posição de espectadores...Óptimo. Mas, de repente, descobrimos que é uma espécie de masturbação intelectual. Quem lê não comenta e quem acredita não dá retorno. Quem anda à procura de ideias acha que as encontrou no quintal. E depois, vêmo-las florir, ali mesmo no jardim do vizinho, bem regado e adubado.

É giro, mas cansei. Das palmadas nas costas dos amigos, do sorriso simpático e das críticas cáusticas. "é só porrada, é só porrada!".

Estou Noutra.

Que me desculpem os parceiros aqui do lado. Vou virar-me para as coisas lindas da vida. Querem ver como é?

- " para quem estavas a falar com voz de cama...?
- .....???
- Sim, voz de cama, que bem a senti.
- ....???
- Escusas de olhar para o lado! Voz de Cama!!! Percebes?!
- Sabes, está na minha natureza: oferecer rosas, falar com voz doce, gostar que me respodam por enigmas, com sugestões. Está na minha natureza. Que fazer?
- ....????
- Cansei de falar de problemas sérios de denunciar a cáfila que vive aqui em cima de nós, a olhar para nós a sorrir para nós. Cansei de nós, assim, a aturar o carro do vizinho, o olhar da vizinha e adivinhar-lhe as intimidades...
-...???
- Está na minha natureza: gosto de rosas, de sorrisos, de beijos, nem que sejam apenas sugeridos. É tarde para voltar atrás... e tempo de seguir em frente.
-?????!!!!!

A parte deste blogue que me cabe é já outra. Pendurei as luvas.

2 comentários:

LS disse...

Caro Pedrosa, compreendo-o perfeitamente. É bem certo que a blogosfera nos dá uma ilusão de capacidade de intervenção, pode até constituir um balão de ensaio para afinar ideias e pensamentos. Em todo o caso tudo o que disse é certo.
Compreendendo a sua opção, quero deixar-lhe testemunho da minha regular leitura dos seus escritos e sublinhar o gosto que me dava esse acompanhamento. Agrada-me a sua visão do mundo e arriscaria dizer que em grande medida a partilho também. Sempre lhe li opiniões bem fundamentadas, muito bem escritas. Sou um amante da rádio (numa relação platónica que há mais de uma década não tem "acção") e sou um viciado na imprensa escrita, aqui sempre encontrei nos seus escritos observações lúcidas sobre o nosso jornalismo.
Vou sentir a falta das suas opiniões.
Até breve.
Um abraço
Luís Sequeira

pindérico disse...

Depois do que escreveu o Luis Sequeira, só me apetece acrescentar que a sua opinião vai fazer falta por cá, e ... apareça...um dia destes!